Quem Sou

Juliana Milani Simeão

Advogada, OAB/SP nº 441.993

Olá, poderia começar com uma apresentação formal falando sobre formações, especializações e tudo mais, não que tais informações não sejam importantes, elas são, todavia, posso deixar meu breve currículo ao final para você conferir.

Com isso, gostaria de compartilhar um pouco da minha trajetória profissional como cheguei ao Direito e porque amo ser Advogada.

O Bacharelado em Direito não foi minha primeira carreira, aos 17 anos entrei na Fatec para cursar Logística e Transportes, atuei por 7 (sete) anos na área de planejamento e suppy chain e apesar da satisfação, do conhecimento técnico, dos projetos e amizades adquiridas durante o período, sinceramente faltava algo, o retorno financeiro é essencial em todas as profissões, porém, qualquer profissional que trabalhe exclusivamente direcionado ao ganho financeiro, possui grandes chances de se tornar medíocre, no sentido original da palavra – aquele abaixo da média ou do esperado).

Dentro desse contexto, a grande pergunta é “O que faz um profissional se destacar?” ou “Quando posso considerar que atingi o sucesso?”.

Pois bem. São perguntas que todos fazemos em algum momento, mas posso dizer que esses questionamentos são muito relativos e personalizados, afinal, o conceito de “sucesso” é diferente de pessoa para pessoa. Entretanto, é a paixão pelo que se faz que motiva qualquer profissional em se dedicar a cada fazer melhor.

Então, após os 7 anos de atuação com logística e suply chain, voltei aos bancos acadêmicos para cursar “Direito”, voltei a ser estagiária tanto em órgãos públicos como em escritórios de advocacia e foram experiências incríveis que despertaram essa paixão e amor.

É comum ao início do curso, o estudante pensar nas carreiras de Magistratura, Promotoria, Delegado/a deixando a advocacia para uma das últimas da fila, por exemplo: eu mesma pensava na Promotoria, contudo, assim como me apaixonei por ser advogada.

O exercício da advocacia se transformou muito nos últimos anos e uma parcela significativa dessa transformação deve-se aos avanços tecnológicos e a necessidade de profissionais mais dinâmicos e flexíveis no mercado.

O advogado/a é o instrumento que qualquer pessoa natural ou jurídica irá procurar para resolver um conflito da vida social seja na forma consultiva/extrajudicial ou por intermédio do acionamento do Poder Judiciário.

Advocacia 4.0/5.0 é revolucionária e exige de todos os atores da Justiça, mas, principalmente dos advogados e advogadas atuantes no país, uma mudança de comportamento na forma de exercer a profissão, fazendo uso correto e ético tanto das tecnologias existentes como daquelas que surgirão no decorrer dos próximos anos.

Com o avanço das tecnologias, exigem-se maiores regulamentações e caberá ao advogado defender os interesses daqueles que tiverem prejuízos, seja de ordem material ou moral, por terceiros que pratiquem abuso de poder com uso da tecnologia de forma indiscriminada ou nociva à sociedade

Este é o breve relato do porquê amo ser advogada e busco sempre aprimorar estudos e técnicas para fazer a diferença.

Formação inicial em Logística e Transportes pela FATEC Carapicuíba; Especialista em Gestão Empresarial pela USP – Universidade de São Paulo Atuação por 8 anos na área de Logística e Suprimentos com o desenvolvimento de indicadores de desempenho, planejamento e análise de demanda.

Breve Currículo

Princípios

Ética e Transparência

Confiabilidade

Segurança Jurídica

Direitos Humanos

Excelência no Serviço

Atualização Jurídica

Especialização Constante

Solidariedade

Missão

Utilizar-se da expertise para que o Direito seja um instrumento efetivo de transformação social.

Visão

Tornar-se referência na aplicação da advocacia colaborativa .

Valores

Urbanidade, Transparência,  Ética e  Comprometimento